O Monte Esperança Instituto Bíblico é um grande espaço, com áreas de floresta, jardins e vários edifícios que necessitam de constante manutenção, cuidados e melhoramentos. Os alunos do Instituto Bíblico estão diariamente envolvidos nesta manutenção, sendo ainda assim manifestamente insuficiente face às exigências do espaço.

Gostaríamos, assim, de deixar um desafio a todos os que sentirem no seu coração ajudar-nos a continuar a fazer a obra de Deus, quer no que respeita à formação de homens e mulheres para serem usados no nosso país e até aos confins do mundo, quer no que se refere à melhoria de condições para a realização de retiros e eventos.

Para tal existem duas opções, a primeira é passar algum tempo connosco ajudando em algum tipo de trabalho voluntário. Temos necessidade de todo o género de trabalhos práticos, trabalhos que qualquer um nos poderá ajudar: canalização, pintura, jardinagem, trabalho de pedreiro e carpintaria, eletricidade, entre vários outros, tornando este espaço cada vez melhor. Oferecemos a respetiva estadia e alimentação a todos os que nos vierem auxiliar.

Uma outra possibilidade é através de uma ajuda financeira voluntária. Para tal deixamos o botão abaixo se desejar doar um determinado montante que Deus colocar no seu coração. Para quem preferir fazer-nos chegar a doação de uma forma mais tradicional, por favor não hesite em contactar-nos, arranjaremos forma de simplificar o processo.

Para além destas vertentes também animamos a continuarem a orar pelo Monte Esperança Instituto Bíblico, colocando-o aos pés de Deus para que possamos fazer cada vez mais e melhor ao formar servos na perspetiva bíblico-teológica.

 

Se deseja mais informações, contacte-nos:

Horários de funcionamento da secretaria

2ª a 6ª feira, das 9h às 13h e das 14h às 18h.

 

MEIBAD - Monte Esperança Instituto Bíblico

Rua Alfredo Caldeira, nº34

2670-693 FANHÕES

Portugal

Tel. 219 749 724

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

Voltar ao topo